Notícias | Dia a dia
Paire perdeu o prazer de jogar com a pandemia
13/03/2021 às 08h15

Santiago (Chile) - Com atuações muito ruins desde o retorno do circuito, em agosto do ano passado, o francês Benoit Paire diz que perdeu o prazer de jogar tênis diante da falta de público e das restrições impostas em quase todos os torneios que disputou desde então.

"O circuito se tornou triste, chato e ridículo", afirmou o ainda número 29 do mundo, ao sofrer mais uma derrota de estreia, desta vez no saibro de Santiago para o juvenil Holger Rune. "Sei que muitos pensam que somos sortudos por poder jogar, mas os torneios sem público ficaram sem clima. Ficamos isolados no hotel ou no clube, proibidos e multados por qualquer atitude de risco. Qual o prazer então em viajar?".

Desde Cincinnati, seu primeiro campeonato oficial após a pandemia, Paire só venceu duas de 14 partidas, uma em Roland Garros e outra em Córdoba. "O tênis se tornou uma profissão sem sabor. Vou precisar de mais tempo para me adaptar a esse pseudo circuito, mas tentarei recuperar meu prazer em jogar tênis".

Paire chegou a dar vexame na recente participação em Buenos Aires, onde cuspiu na quadra ao discordar com marcação do juiz e entregou o game final da partida.

"Resultados são as coisas que menos me importam no momento. Minha meta é sorrir e me divertir ao bater na bola. A derrota ou a vitória importam menos". Ele está inscrito para disputar Acapulco já na próxima semana, seguindo então para o Masters de Miami.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG