Notícias | Dia a dia
Federer tem trabalho, mas vence em seu retorno
10/03/2021 às 14h46

Doha (Qatar) - Enfim de volta ao circuito, o suíço Roger Federer teve enorme trabalho para passar da estreia no ATP 250 de Doha. Em seu primeiro jogo na temporada, o tenista de 39 anos oscilou um pouco, mostrou momentos de genialidade e alguns erros pitorescos, precisando de três sets para superar o britânico Daniel Evans, gastando 2h24 para anotar placar final de7/6 (10-8), 3/6 e 7/5.

Depois de manter sua invencibilidade contra Evans, batendo o britânico pela quarta vez no circuito, Federer terá pela frente nas quartas de final o georgiano Nikoloz Basilashvili, que passou pelo convidado tunisiano Malek Jaziri com duplo 6/2. O jogo está marcado para as 12h (de Brasília) desta quinta-feira. O suíço superou Basilashvili na única vez que duelaram, no Australian Open de 2016.

Apesar dos quase 14 meses de inatividade, não competindo desde o Australian Open do ano passado, Federer mostrou desenvoltura, embora também tenha cometido alguns erros que não costuma fazer. Mesmo assim ele foi bastante sólido em todo o primeiro set, principalmente nos seus games de serviço, colocando 83% das primeiras bolas em quadra.

O aproveitamento de 78% com o saque, superior aos 73% de Evans, não foi suficiente para evitar um susto no suíço, que precisou salvar um break-point no nono game, na única chance de quebra da parcial inicial. A definição só foi acontecer no tiebreak, em que Federer venceu os dois primeiros pontos, perdeu os quatro seguintes e ganhou depois de salvar um set-point e ter três a seu favor.

Federer manteve o embalo e saiu pressionando na largada do segundo set, mas não conseguiu aproveitar o break-point que teve no primeiro game. Um pouco depois, no quarto, o suíço vacilou com o serviço e cedeu a primeira quebra na partida para Evans. Ele até tentou devolver o break imediatamente, só que o britânico novamente salvou o break-point que encarou.

Colocando menos a primeira bola em quadra, com aproveitamento de 58%, o veterano de 39 anos teve mais dificuldades em seus games de serviço, mas mesmo assim não deu novas chances a Evans. Contudo, ele também não conseguiu ter uma oportunidade mais de devolver o break, chegou perto no sétimo com duas igualdades, mas não foi além disso e acabou vendo o rival empatar o jogo.

O terceiro set foi tenso e o mais longo de toda a disputa. Federer teve o saque ameaçado, mas salvou dois break-points no sétimo game. Depois veio sua vez de pressionar Evans, que salvou um match-point com o saque no décimo game e não conseguiu fazer o mesmo no 12º, quando o suíço concretizou a quebra e selou uma suada vitória.

A estatística final da partida contou 13 aces para Federer contra 9 de Evans e ligeira vantagem do suíço no aproveitamento de primeiro saque (68% contra 63%), nos pontos com o segundo serviço (53% a 49%) e em lances com a devolução (24% a 21%).


Novo Apple iPhone 12 Pro Max (256 GB, Grafite) por R$ 9.910,52

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG