Notícias | Dia a dia
Djokovic se isola como maior número 1 da história
08/03/2021 às 08h30

Londres (Inglaterra) - Nesta segunda-feira, o sérvio Novak Djokovic se tornou o maior número 1 do mundo na história de 48 anos do ranking. Ele alcançou sua 311ª semana na liderança e deixou para trás o suíço Roger Federer com as 310 e agora é isolado aquele que mais tempo liderou a ATP.

Campeão do Australian Open pela nona vez no mês passado, Djokovic tem 18 títulos de Grand Slam e detém um recorde de 36 troféus Masters 1000. Ele alcançou o primeiro lugar no ranking em 4 de julho de 2011 e desde então, se manteve na ponta em cinco passagens diferentes.

“Realmente me emociona trilhar o caminho de lendas e gigantes deste esporte. Saber que ganhei meu lugar entre eles por seguir meu sonho de infância é uma bela confirmação de que quando você faz as coisas por amor e paixão, tudo é possível”, disse o sérvio para o site da ATP.

O sérvio de 33 anos assumiu a liderança pela última vez em 3 de fevereiro de 2020 e desde então seguiu comandando a ATP. Neste período, ele não somou as semanas 23 de março de 2020 e 23 de agosto de 2020, quando o ranking esteve congelado.

Depois de ‘Nole’ e Federer, o terceiro da lista é o norte-americano Pete Sampras, com 286 semanas. Completam o top 5 o tcheco naturalizado norte-americano Ivan Lendl (270) e o norte-americano Jimmy Connors (268). O espanhol Rafael Nadal tem 209 semanas e é o sexto colocado.


Novo Apple iPhone 12 Pro Max (256 GB, Grafite) por R$ 9.910,52

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG