Notícias | Dia a dia
Bia perde dois match points e para na semifinal
06/03/2021 às 20h17

Bia disputou torneios nas últimas quatro semanas do circuito

Foto: Arquivo

Newport Beach (EUA) - Depois de cinco vitórias seguidas desde o qualificatório, Beatriz Haddad Maia foi eliminada na semifinal do ITF W25 de Newport Beach, nos EUA. A número 2 do Brasil e 356ª do ranking chegou a ter dois match points neste sábado, mas perdeu para a norte-americana Claire Liu, jovem de 20 anos e 208ª do ranking, por 6/3, 2/6 e 7/6 (7-4) em 3h16 de partida.

A campanha até a semifinal em Newport Beach rende 19 pontos no ranking da WTA, sendo 1 do quali e 18 da chave principal. Esses resultados só serão computados no ranking a ser divulgado em 15 de março, quando a canhota de 24 anos deve se reaproximar do top 300. A melhor marca de sua carreira foi o 58º lugar, obtido em 2017.

Algoz de Bia no torneio, Claire Liu foi número 1 do ranking juvenil e campeã de Wimbledon da categoria em 2017. Sua melhor marca como profissional foi o 137º lugar, alcançado em 2019. Ela agora espera pela vencedora entre a suíça Conny Perrin e a norte-americana Danielle Lao.

Duelo de altos e baixos na semifinal
O primeiro set teve apenas uma quebra, obtida por Liu ainda no início da partida. A norte-americana abriu 3/0 e ainda teria outras quatro chances de ampliar a vantagem, enquanto Bia não aproveitou nenhum dos três break points que teve. No segundo set, Bia quebrou três vezes o saque da norte-americana e só perdeu um game de serviço apesar de enfrentado sete break points.

Liu abriu 2/0 no terceiro set e vinha administrando a vantagem, até que Bia devolvesse a quebra no sexto game e buscasse o empate por 3/3. Houve ainda mais uma troca de quebras no sétimo e oitavo games, até que Bia finalmente voltasse a confirmar o saque para fazer 5/4. A brasileira encaixou 91% de primeiros serviços em quadra na parcial e perdeu dois match points no saque da adversária, mas não aproveitou. Na sequência, Bia teve o serviço quebrado. Ela até devolveu a quebra para forçar o tiebreak, mas Liu dominou o game-desempate.

Paulistana atuou nas últimas quatro semanas
Bia jogou nas últimas quarto semanas do semanas do circuito. Ela iniciou a temporada na África do Sul e depois seguiu para os Estados Unidos. Os eventos foram os primeiros desde que ela fez uma cirurgia na mão esquerda no fim de 2020 para reparar uma lesão óssea no dedo médio.

"Acho que o importante é estar feliz, solta e buscando trabalhar duro todos os dias. O resultado é consequência, independentemente de ganhar ou perder", disse a canhota paulista, que agora está treinando com o técnico Rafael Paciaroni. "É o que estou buscando nos próximos dias, semanas e meses: trabalhar duro para as coisas acontecerem quando forem para acontecer".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva