Notícias | Dia a dia
Schwartzman e Cerundolo farão uma final argentina
06/03/2021 às 17h07

Principal cabeça de chave do torneio, Schwartzman pode conquistar seu primeiro título em casa

Foto: Sergio Llamera/Argentina Open

Buenos Aires (Argentina) - O sábado de semifinais do ATP 250 de Buenos Aires foi perfeito para os argentinos. O favorito Diego Schwartzman e a surpresa Francisco Cerundolo venceram seus jogos e vão disputar o título no domingo às 15h (de Brasília). O tradicional torneio argentino é disputado desde 2001 e o último campeão da casa havia sido David Nalbandian em 2008.

Principal cabeça de chave do torneio, Schwartzman segue confirmando o favoritismo e chega sem perder sets à final. O número 9 do mundo derrotou neste sábado o sérvio Miomir Kecmanovic, 42º do ranking, por 6/0 e 6/4 em apenas 1h22 de partida.

Schwartzman está com 28 anos e tem três títulos de ATP, com destaque para o Rio Open de 2018. O argentino também já venceu torneios no saibro de Istambul em 2016 e no piso duro de Los Cabos em 2019. Finalista em dez torneios no circuito, tem dois vice-campeonatos jogando em casa: o primeiro em Buenos Aires em 2019 e o segundo em Córdoba no ano passado.

Família Cerundolo busca o segundo título
Já Francisco Cerundolo tenta repetir o feito do irmão mais novo, Juan Manuel Cerundolo, que conquistou o ATP 250 de Córdoba com apenas 19 anos. Francisco, de 22 anos e 137º do ranking, veio do quali na capital argentina e marcou sua sétima vitória seguida no torneio. Ele superou neste sábado o espanhol Albert Ramos, experiente jogador de 33 anos e 46º do ranking, por 7/6 (7-5), 3/6 e 6/2 em 2h35 de partida.

Os irmãos argentinos exibiram estilos de jogo distintos ao longo da última semana. Juan Manuel Cerundolo atuou muitas vezes bem atrás da linha de base, participando de trocas longas do fundo de quadra, e muitas vezes recorrendo às bolas altas para deixar os rivais em situações desconfortáveis. Já Francisco Cerundolo mostrou um tênis mais agressivo, entrando mais na quadra, acelerando os golpes e buscando a definição dos pontos.

Caso Francisco consiga o título neste domingo, será a primeira vez na história do circuito que dois irmãos conquistam torneios da ATP em semanas consecutivas. Os caminhos dos argentinos nas últimas semanas foram parecidos, já que ambos vieram do quali e eliminaram Albert Ramos em uma fase e foram algozes de brasileiros pelo caminho. Juan bateu João Menezes, Thiago Wild e Thiago Monteiro, enquanto Francisco passou por João Menezes e Guilherme Clezar durante o quali.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio