Notícias | Dia a dia
Schwartzman faz semi e encara sérvio neste sábado
05/03/2021 às 22h48

Schwartzman tenta conquistar um inédito título em solo argentino

Foto: Sergio Llamera/Argentina Open

Buenos Aires (Argentina) - Ainda sonhando com um título inédito no ATP 250 de Buenos Aires, Diego Schwartzman segue confirmando sua condição de principal nome do torneio na capital argentina. O atual número 9 do mundo venceu nesta sexta-feira o espanhol Jaume Munar, 106º do ranking, por 6/2 e 7/5 em 1h50 de partida.

Schwartzman está com 28 anos e tem três títulos de ATP, com destaque para o Rio Open de 2018. O argentino também já venceu torneios no saibro de Istambul em 2016 e no piso duro de Los Cabos em 2019. Finalista em dez torneios no circuito, tem dois vice-campeonatos jogando em casa, o primeiro em Buenos Aires em 2019 e o segundo em Córdoba no ano passado.

O adversário de Schwartzman na semifinal marcada para às 14h (de Brasília) deste sábado é o sérvio Miomir Kecmanovic, jovem de 21 anos e 42º do ranking. Ele venceu o compatriota Laslo Djere por 6/4 e 7/6 (8-6). O único duelo anterior entre o argentino e o sérvio foi vencido por Schwartzman na primeira rodada de Roland Garros do ano passado.



Em 2021, Schwartzman acumula seis vitórias e três derrotas no circuito. Ele venceu Kei Nishikori e perdeu para Daniil Medvedev na ATP Cup, depois caiu na terceira rodada do Australian Open, surpreendido pelo russo Aslan Karatsev e parou nas quartas de final em Córdoba, na semana passada, diante do espanhol Albert Ramos.

A outra semifinal em Buenos Aires acontece ao meio-dia e envolve o próprio Albert Ramos, veterano de 33 anos e 46º do ranking, e o argentino vindo do quali Francisco Cerundolo, jovem de 22 anos e 137º colocado. Francisco é o irmão mais velho de Juan Manuel Cerundolo, campeão em Córdoba com apenas 19 anos no último domingo.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio