Notícias | Dia a dia
Wild não tentará defender o título em Santiago
04/03/2021 às 20h05

Wild não corre risco de perder pontos no ranking, que só serão descontados em 2022

Foto: Arquivo

Santiago (Chile) - Pouco mais de um ano depois de conquistar seu primeiro título na elite do circuito, Thiago Wild não tentará defender seu título no ATP 250 de Santiago, que acontece na próxima semana. O atual número 2 do Brasil e 122º do ranking irá intensificar sua preparação para os torneios no piso duro, a começar pelo quali do ATP 500 de Acapulco, a partir de 13 de março. Depois deverá tentar vaga no Masters 1000 de Miami.

Durante a temporada sul-americana de torneios no saibro, Wild caiu ainda na rodada de estreia do ATP 250 de Córdoba, superado pelo argentino Juan Manuel Cerundolo, que foi campeão do torneio. Ele parou na segunda fase do quali para o ATP 250 de Buenos Aires. Por meio de suas redes sociais, o paranaense de 20 anos já havia dito que só voltaria a jogar em Acapulco. TenisBrasil confirmou a informação em contato com a Octagon, empresa que gerencia a carreira do tenista.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Thiago Seyboth Wild (@thiagoswild)

Em 2021, Wild conseguiu três vitórias em torneios de nível challenger no saibro, com destaque para a campanha até as quartas em Concepción, no Chile, além de mais uma no quali de Buenos Aires. Ele já atuou em sete torneios neste início de temporada. Suas vitórias mais recentes em torneios de quadras duras aconteceram em setembro de 2019.

Pontos de Wild só serão descontados em 2022
Mesmo sem jogar, Wild não corre risco de perder espaço no ranking. Por ter vencido um dos últimos torneios antes da paralisação do circuito no ano passado devido à pandemia da Covid-19, o brasileiro foi um dos beneficiados pela regra temporária que criou um ranking de dois anos. Os 250 pontos conquistados em 2020 só serão descontados no dia 28 de fevereiro de 2022.

Dessa forma, ele manteria sua pontuação ranking independentemente de qual fosse sua campanha jogando no Chile, sem a necessidade de defender pontos, mas também sem a possibilidade de melhorar sua marca atual.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva