Notícias | Dia a dia
ATP vai aumentar premiação dos torneios menores
03/03/2021 às 13h53

Miami (EUA) - A quarta-feira foi de novidades na ATP, entre elas o anúncio de um ranking parcialmente congelado até agosto. Outra mudança importante foi na premiação dos ATP 500 e 250 entre o Australin Open e Wimbledon, que aumentarão suas premiações em 80% e 60% respectivamente. Antes o aumento seria de 50%.

Os aumentos, que equivalem a uma despesa de US$ 5,2 milhões, serão financiados principalmente por meio de uma redistribuição normalmente distribuída aos 12 melhores jogadores no final da temporada. A redistribuição dos fundos veio com o apoio do Conselho da ATP, incluindo os representantes dos top 10 Roger Federer e Rafael Nadal.

“As receitas de nossos torneios continuam a ser severamente afetadas por restrições na venda de ingressos e uma melhoria substancial nesta frente parece improvável antes do meio do ano. Nosso foco é garantir que o circuito continue apoiando o maior número possível de jogadores e gostaria de agradecer aos que têm melhor classificação e ao Conselho de Jogadores por apoiar esta medida”, disse Andrea Gaudenzi, presidente da ATP.

Além do congelamento parcial até agosto, a ATP também implementou um ranking protegido para os atletas que resolverem não competir por causa do risco do coronavírus. Esta medida foi projetada para permitir aos jogadores maior flexibilidade em seus calendários, evitando um impacto futuro que pudesse impedi-los de entrar nos torneios.

Os tenistas terão quatro oportunidades de usar o ranking protegido para entrar nos torneios, excluindo Grand Slams e/ou Jogos Olímpicos. A medida valerá para os torneios da ATP e os Masters 1000.

A ATP também separou até US$ 10.000 para cada evento ATP e challengers em 2021 para cobrir custos de hotel que possam surgir por causa de isolamento adicional ou períodos de quarentena, necessários em função da pandemia.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva