Notícias | Dia a dia
Vajda mostra preocupação com a lesão de Djokovic
03/03/2021 às 10h19

Belgrado (Sérvia) - Um dos treinadores do sérvio Novak Djokovic, o eslovaco Marian Vajda está preocupado com a condição física do pupilo e reforçou a informação do jornalista John Horn de que o time do número 1 do mundo estuda seu retorno apenas na temporada de saibro, podendo ser mais um a desistir do Masters 1000 de Miami.

“Precisamos ver como vai ficar a agenda dele depois dos últimos problemas. Estou muito preocupado com a lesão dele e estamos falando em reduzir o número de torneios em 2021. Sua saúde é o mais importante no momento. Em alguns dias irei a Dubai para vê-lo e conversarmos cara a cara”, disse o treinador do sérvio para o Kurir.

Vajda afirmou que não sabe quando poderá acompanhar ‘Nole' novamente nos torneios, mas garantiu que estará ao seu lado em Roland Garros. O técnico eslovaco também lamentou a ausência no Australian Open, onde o sérvio teve a companhia de Goran Ivanisevic. “Fiquei muito triste por não estar lá. Jamais esquecerei o primeiro título que Novak conquistou em Melbourne em 2008”, disse.

“Estive na grande maioria de suas conquistas e não estar presente em um título tão importante como este do Aberto da Austrália me deixou muito irritado”, acrescentou Vajda, que embora não tenha viajado para o torneio é quem cuida dos treinamentos no dia a dia de Djokovic.

“Novak e eu normalmente estamos juntos quase todas as semanas. Estivemos juntos em Marbella em dezembro. Decidimos fazer um trabalho muito intensivo, com muito físico e também visando melhorar algumas coisas que pareciam ter falhado nos últimos torneios do ano. Decidimos dar mais ênfase ao saque, tanto ao primeiro quanto ao segundo. Foi um prazer em ver à distância como melhorou e como tudo funcionou bem”, completou.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva