Notícias | Dia a dia
Cilic salva um match-point e faz semi em Cingapura
26/02/2021 às 13h18

Cingapura (Cingapura) - Por pouco o croata Marin Cilic não se despediu do ATP 250 de Cingapura nesta sexta-feira, mas ele salvou um match-point e evitou a virada do sul-coreano Soonwoo Kwon, triunfando com placar final de 6/2, 2/6 e 7/5, após 2h02 de partida, garantindo vaga para as semifinais do torneio.

Cabeça de chave número 3, o croata saiu na frente e levou o primeiro set, no qual chegou a vencer cinco games em sequência. Na segunda parcial ele levou o troco e perdeu para Kwon com o mesmo placar. A decisão foi para o terceiro set, em que o sul-coreano chegou a ter um match-point no 10º game, mas Cilic se salvou com o saque e conseguiu uma quebra em seguida para ficar com a vitória.

“Durante a partida, acho que mostrei um bom nível de tênis. Senti que estava bem no começo do segundo set, mas fiz um game ruim com o saque e cometi erros cruciais. Acho que no terceiro joguei sólido e acabei me dando bem”, comemorou o croata, que agora terá pela frente o australiano Alexei Popyrin, que venceu o compatriota Matthew Ebden com 6/4 e 7/6 (9-7).

No outro lado da chave, o principal favorito ao título Adrian Mannarino não fez valer sua condição e acabou eliminado nas quartas. O algoz do francês foi o moldávio Radu Albot, cabeça de chave 7, que triunfou com parciais de 6/3 e 6/4. “Quando eu estava na liderança com duas quebras na frente (no segundo set], foquei em segurar a vantagem. Perdi um saque, mas mantive a calma e venci”, disse.

Albot terá como adversário na semifinal o cazaque Alexander Bublik, quarto mais bem cotado, que levou a melhor sobre o japonês Yoshihito Nishioka, cabeça de chave 5, com parciais de 6/3 e 6/2. Será a segunda vez que eles medirão forças, com o moldávio tentando devolver a derrota sofrida em um challenger em Moscou cinco anos atrás.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio