Notícias | Dia a dia
Stefani joga nesta sexta em busca da 7ª final de WTA
25/02/2021 às 18h05

Stefani e Carter podem alcançar a segunda final da temporada, repetindo o desempenho de Abu Dhabi

Foto: Arquivo

Adelaide (Austrália) - Cada vez mais consolidada na elite do circuito de duplas, a brasileira Luisa Stefani pode alcançar sua sétima final. Ela está na semi do WTA 500 de Adelaide ao lado da norte-americana Hayley Carter e entra em quadra por volta das 6h30 (de Brasília) para enfrentar as chinesas Zhaoxuan Yang e Yifan Xu.

Stefani e Carter já conquistaram dois títulos de WTA juntas. O primeiro foi em Tashkent, no Uzbequistão, ainda em 2019, enquanto o segundo veio em agosto do ano passado em Lexington, nos Estados Unidos. A parceria começou a temporada com um vice-campeonato em Abu Dhabi e também jogou as finais de Seul em 2019 e Estrasburgo no ano passado. A paulistana de 23 anos também jogou uma final em Ostrava, no fim de 2020, ao lado da canadense Gabriela Dabrowski.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Luisa Stefani (@luisastefani)

Stefani está voltando ao top 30 com a campanha
A campanha até a semifinal já rende 185 pontos no ranking para Stefani, que é atual 31ª colocada no ranking das especialistas em duplas. Com isso, está voltando a ocupar a melhor marca da carreira, no 30º lugar. Se for finalista, fará 305 pontos, enquanto o título vale 470 no total, o que possibilitaria à ela superar seu recorde pessoal no ranking.

A difícil vitória nas quartas sobre a tcheca Lucie Hradecka e a eslovena Andreja Klepac foi bastante comemorada por Stefani. "Fiquei muito feliz com o resultado. Jogamos contra elas algumas vezes e as partidas são sempre bem disputadas", disse a brasileira, depois de vencer por 6/4 e 7/5. "Elas batem forte, jogam de forma inteligente e então precisamos trabalhar bem. Vencemos vários pontos importantes no segundo set nos 40 iguais e isso fez a diferença".

Bia também vence nas duplas
Outra boa campanha brasileira nas duplas é a de Beatriz Haddad Maia no ITF W25 de Boca Raton, na Flórida. Bia e a norte-americana Whitney Osuigwe garantiram vaga na semifinal do torneio depois de vencerem a também anfitriã Jamie Loebe e a neozelandesa Erin Routliffe, cabeças 2 do torneio, por 6/1, 2/6 e 10-7. As próximas adversárias serão a colombiana Maria Camila Osorio Serrano e a suíça Conny Perrin.

Pedretti cai nas oitavas no Egito
Em seu primeiro torneio desde março do ano passado, Thaísa Pedretti caiu nas oitavas de final do ITF W15 de Sharm El Sheikh, no Egito, em quadras de piso duro. Única brasileira na chave, a paulista de 21 anos e 407ª do ranking perdeu para a russa de 18 anos Alina Charaeva, 549ª colocada, por 6/4 e 6/2. Vencedora de cinco títulos no circuito profissional da ITF, Pedretti segue no Egito para mais torneios ITF W15 nas duas próximas semanas.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio