Notícias | Dia a dia
Barty e Halep desistem, mas WTA de Doha segue forte
24/02/2021 às 13h39

Líder do ranking, Barty voltará ao circuito em Miami

Foto: Arquivo

Doha (Qatar) - Números 1 e 3 do mundo, Ashleigh Barty e Simona Halep anunciaram que não vão jogar o WTA 500 de Doha na semana que vem. A australiana justificou a ausência por uma lesão na perna esquerda, enquanto a romena não especificou publicamente a razão para não jogar no Qatar.

"Infelizmente eu decidi desistir de jogar em Doha. Este é um dos meus torneios favoritos no cirucito e estou ansiosa para voltar a jogar lá no ano que vem", escreveu Halep em seu perfil no Instagram. "Desejo o melhor à equipe do torneio, para quem eles tenham uma semana segura e de sucesso".

Barty já definiu quando vai voltar a jogar. Depois de cair nas quartas do Australian Open e na estreia em Adelaide, ela planeja retomar a temporada no WTA 1000 de Miami, a partir de 23 de março. "Infelizmente, desisti de jogar em Doha por causa de uma lesão na perna esquerda. Desejo a todos do torneio um evento seguro e de sucesso e espero jogar lá no próximo ano. Estou ansiosa para competir novamente em Miami dentro de algumas semanas".

Mesmo com as desistências de Barty e Halep, o torneio que acontece na próxima semana ainda tem ótimos nomes na disputa, incluindo quatro top 10: Elina Svitolina, Karolina Pliskova, Aryna Sabalenka e Petra Kvitova. O evento ainda conta com a volta da holandesa Kiki Bertens, número 11 do mundo, que passou por uma cirurgia no tendão de Aquiles em outubro e não esteve no Australian Open.

A lista de inscritas ainda tem outras jogadoras de destaque como Belinda Bencic, Garbiñe Muguruza, Madison Keys, Iga Swiatek, Jennifer Brady e Angelique Kerber.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva