Notícias | Dia a dia
McNamee culpa Kyrgios por má reputação de Djoko
24/02/2021 às 13h38

Melbourne (Austrália) - Apesar dos nove títulos conquistados no Australian Open, o último deles no domingo passado, o sérvio Novak Djokovic não vive lua de mel com o público local, que se dividiu em críticas ao número 1 do mundo. Para o treinador australiano Paul McNamee, boa parte disso se deve a uma agressiva campanha de descrédito empreendida por Nick Kyrgios .

“Obviamente tudo o que aconteceu no Tour do Adria prejudicou a imagem dele. Talvez ele não tenha feito as coisas bem, mas sua intenção é sempre melhorar a imagem do seu país e apostar na unidade dos Bálcãs. Acho que é admirável que ele tenha um treinador croata e sempre manda mensagens conciliatórias com este país”, disse McNamee em entrevista ao The Age.

“Aqui a geopolítica é importante. Os Balcãs têm uma imagem negativa em qualquer parte do mundo e isso às vezes pesa sobre ele”, complementou o atual treinador da taiwanesa Su-Wei Hsieh. Ex-tenista profissional, que foi número 1 mundial de duplas, McNamee lamenta a imagem que tentam construir do sérvio e não poupa elogios a Djokovic.

Envergonhado como a sociedade australiana tratou Novak, o técnico aponta uma injustiça no caso. “A personalidade de Djokovic é um tanto polêmica e a opinião pública australiana bateu de frente com ele, que é um cara de grande coração e muito boas intenções em tudo que faz. Tenho vergonha e acho absolutamente inédito que ele não tenha recebido nenhum tipo de apoio ou proteção da ATP”.

McNamee ainda disparou contra a ATP na questão de barrar a eleição do sérvio para o Conselho de Jogadores. “Tudo o que aconteceu lá e seu envolvimento em melhorar as coisas foi impressionante. Achei ultrajante a maneira como o ATP tomou as coisas e como eles tentaram desacreditá-lo, impedindo Novak de fazer parte do Conselho apesar de ter muito apoio”, encerrou.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva