Notícias | Dia a dia
Sabalenka assume nº 1 de duplas, mas prioriza simples
22/02/2021 às 15h09

Sabalenka, de 22 anos, disputará poucos torneios de duplas no restante da temporada

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Três dias depois de conquistar o título de duplas no Australian Open, a bielorrussa Aryna Sabalenka foi confirmada como a nova número 1 do mundo do mundo na modalidade. Aos 22 anos, ela se torna a 44ª mulher a liderar o ranking de duplas e a segunda de seu país, repetindo a marca de Natasha Zvereva em 1991. Sabalenka ultrapassou quatro jogadoras com o título.

No entanto, Sabalenka deve ter poucas oportunidades de tentar defender sua posição. Logo depois de ser campeã ao lado da belga Elise Mertens em Melbourne, ela afirmou que não deve disputar mais os Grand Slam de duplas este ano, atuando pontualmente no circuito apenas em torneios WTA 250 ou WTA 500. Sua prioridade será o circuito de simples, modalidade em que ela é a oitava do ranking.

"Estou realmente honrada por me tornar a nova número 1 de duplas", disse Sabalenka, em comunicado à WTA. "Quero agradecer ao meu treinador e a todos da minha equipe, bem como à minha incrível parceira Elise. Todos foram incríveis e eu não teria conseguido sem eles".

Parceira de Sabalenka na maioria das competições do circuito, Elise Mertens assume a segunda posição no ranking. A jogadora de 25 anos também deixou quatro concorrentes para trás. Ex-líder do ranking, a taiwanesa Su-Wei Hsieh perdeu duas posições e caiu para o terceiro lugar, seguida pela tcheca Barbora Strycova. A francesa Kristina Mladenovic caiu do 3º para o 5º lugar, enquanto sua parceira, a húngara Timea Babos, perdeu duas posições e agora é a sexta colocada.

A brasileira Luisa Stefani, melhor representante nacional no ranking, permaneceu no 31º lugar. A paulistana de 23 anos está apenas uma posição abaixo do melhor ranking da carreira, alcançado em janeiro deste ano.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva