Notícias | Dia a dia | Australian Open
Medvedev afirma que vice no US Open doeu mais
21/02/2021 às 12h18

Melbourne (Austrália) - Assim como aconteceu em sua primeira final de Grand Slam, no US Open de 2019, superado pelo o espanhol Rafael Nadal, o russo Daniil Medvedev saiu com o vice-campeonato do Australian Open, perdendo a decisão deste domingo para o sérvio Novak Djokovic. O atual número 4 do mundo comparou a sensação após as duas derrotas e garantiu que esta em Melbourne foi menos dolorosa.

“Doeu mais no US Open porque tive mais chances do que hoje, mas ambas doem. Tentei dar o melhor em quadra e não consegui, mas assim é a vida, você não consegue dar o seu melhor 365 dias no ano. Como trabalho duro e me esforço, não tem por que me arrepender e acredito que será assim no futuro, ganhe 20 Grand Slam ou nenhum. O mais importante é dar tudo”, analisou o russo.

“Foram duas partidas diferentes, primeiro porque um é destro e outro canhoto e isso já muda bastante. Rafa te dá mais tempo para pensar em quadra, mas ele é incrível na defesa e no forehand, com o qual consegue bolas incríveis. Hoje contra Novak eu até tentei fazer coisas diferentes, mas ele me tirou o tempo. Para mim, pareceu que fiquei apenas uns 30 minutos em quadra e já estava segurando o troféu de vice”, completou;

Apesar da derrota em sets diretos, Medvedev sente ter chegado perto do título e espera conseguir tirar lições para o futuro. “Com essa experiência com Novak sinto que em uma próxima vez posso fazer coisas diferentes dentro e fora de quadra. Não quer dizer que eu terei sucesso, mas isso é a vida de um tenista”, observou ele, que com a campanha em Melbourne subirá para a terceira colocação no ranking.

O russo comparou a final com suas vitórias sobre Stefanos Tsitsipas e Andrey Rublev. “Eles jogaram bem, mas eu os venci em três sets. Novak foi melhor do que eu hoje, mas tenho 100% de certeza que eu poderia ter jogado melhor, basta olhar outras partidas que nos enfrentamos. Com certeza ele foi muito bem e eu poderia ter ido melhor, mas isso não quer dizer que o resultado seria diferente”, opinou Medvedev, que elogiou o saque do sérvio.

“Seu saque estava muito bom nos pontos importantes, jogando na linha e provavelmente melhor do que no passado. Eu também poderia ter sacado melhor, mas isso também porque Novak devolve muito bem e coloca pressão em você”, falou o russo, que não espera ficar remoendo a derrota por muito tempo. “Vou jogar Roterdã em algumas semanas e essa é a melhor parte no tênis. Em pouco tempo estarei em casa e já me preocupando com o próximo torneio”, disse o vice-campeão.

Comentários