Notícias | Dia a dia
Miami anuncia drástica redução e prêmio cairá 60%
20/02/2021 às 08h30

Miami (EUA) - Cancelado no ano passado devido à pandemia de coronavírus, o torneio combinado de Miami que reúne o Masters 1000 masculino e o WTA 1000 anunciou nesta sexta-feira que terá de reduzir drasticamente a premiação.

Em 2019, último ano de realização, o evento pagou o total de US$ 8,5 milhões para todas as chaves. Para a próxima edição, confirmada para a segunda quinzena de março, ela nem chegará a US$ 3,5 milhões, o que significa uma redução de 60%.

Dessa forma, os campeões de simples receberão US$ 300 mil, quatro vezes menos se comparado aos US$ 1,3 mi de 2019. O finalista terá redução proporcional, aindo de US$ 686 mil para US$ 165 mil. As menores variações ficarão para as primeiras rodadas, que caíram de US$ 16 mil para US$ 10 mil, ou seja, 40%.

Os promotores argumentam que a drástica queda na venda de ingressos - o público autorizado será de 20% da capacidade diária - e o custo maior devido às diversas medidas sanitárias forçaram a economia.

Os torneios acontecem entre os dias 22 de março e 4 de abril. O estádio central não será utilizado.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva