Notícias | Dia a dia
Orlandinho e Matos vão à final sem vencer um jogo
17/02/2021 às 22h57

Concepción (Chile) - Cabeças de chave número 1 no challenger de Concepción, os gaúchos Orlando Luz e Rafael Matos conseguiram um feito na competição graças aos seus adversários. Eles chegaram na final sem disputar um único game sequer, superando três rodadas seguidas contando com desistências das parcerias rivais.

A primeira desistência foi do paulista Felipe Meligeni com o português João Domingues. Nas quartas de final, Orlandinho e Matos enfrentariam os argentinos Emilio Casanova e Carlos Gomez, mas novamente não precisaram pisar em quadra para avançar. Os chilenos Marcelo Tomas Barios e Alejandro Tabilo seriam os oponentes na semi, mas também abandonaram o torneio.

E não foram apenas os dois gaúchos que se beneficiaram de desistências. A chave de duplas em Concepción foi bastante negligenciada por seus competidores. Até então já foram disputados, ou pelo menos encerrados, 12 jogos de duplas no torneio até então e 7 deles terminaram com WO de uma das parcerias.

Também estão envolvidos nessa série de desistências o mineiro João Menezes e o paranaense Thiago Wild, que superaram assim a estreia no saibro chileno e depois nas quartas de final foram eles que abandonaram a disputa, deixando a vaga nas semifinais para os bolivianos Boris Arias e Federico Zeballos, quartos mais bem cotados ao título.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva