Notícias | Dia a dia | Australian Open
Osaka diz que experiência ajudou a dominar o jogo
16/02/2021 às 08h55

A japonesa já havia enfrentado Hsieh quatro vezes em 2019 e traçou um bom plano de jogo

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Depois de vencer de forma bastante tranquila seu duelo das quartas de final do Australian Open, Naomi Osaka acredita que a experiência de partidas anteriores contra a taiwanesa Su-Wei Hsieh ajudou a dominar o confronto desta terça-feira. Afinal, elas já haviam se enfrentado cinco vezes, sendo quatro só no ano de 2019, e por isso a japonesa já tinha um plano de jogo muito bem definido para lidar com as variações da rival.

"Hoje foi muito importante ter um plano de jogo, só porque ela é uma adversária que nunca tenho certeza do que vai acontecer", disse Osaka após a vitória por duplo 6/2. "Então, eu precisava ter algo para me estruturar e não me deixar levar pelo que ela iria fazer. Isso foi muito importante".

Ao longo da partida, Osaka foi tão firme com seus golpes do fundo de quadra que não deu margem para Hsieh tentar suas jogadas imprevisíveis, como os slices de forehand, ou as tentativas de trazer o jogo para a rede ou de executar o forehand com as duas mãos. A japonesa disparou sete aces, liderou nos winners por 24 a 14 e cometeu apenas 14 erros contra 23 da rival.

"Disse a mim mesma que eu teria que ser intensa desde o início", explica a japonesa, que marcou sua quinta vitória em seis jogos contra Hsieh. No entanto, três duelos de 2019 foram ao terceiro set. "Eu já joguei tantas vezes contra ela que eu sabia que não poderia me dar ao luxo de ser preguiçosa com a movimentação ou algo assim. Eu não queria jogar três sets de novo".

"Sinto que toda vez que jogo com ela é realmente desafiador, porque nunca sei exatamente o que ela fará com a bola. Acho que hoje realmente me concentrei no meu plano de jogo. Acho que ficou muito claro o que pensei que tinha que fazer", complementou a terceira colocada do ranking.

Vencedora de três títulos de Grand Slam com apenas 23 anos, Osaka agora enfrenta Serena Williams na semifinal. A japonesa lidera o histórico de confrontos por 2 a 1, com destaque para a final do US Open de 2018. Mas Serena venceu o duelo mais recente, na temporada de 2019 em Toronto.

Comentários