Notícias | Dia a dia | Australian Open
Serena supera Halep e revê Osaka em sua 40ª semi
16/02/2021 às 06h46

Serena tenta alcançar a 34ª final de Grand Slam de sua vitoriosa carreira profissional

Foto: Tennis Australia

Melbourne (Austrália) - Com ótima atuação do início ao fim, Serena Williams garantiu vaga na semifinal do Australian Open. A veterana de 39 anos e heptacampeã do torneio superou a número 2 do mundo Simona Halep por duplo 6/3 em apenas 1h21 de partida. Ainda jogando em alto nível, a ex-líder do ranking e atual 11ª do ranking vai disputar sua 40ª semi de Slam e busca a 34ª final. Ela também amplia a vantagem no histórico contra Halep para 10 a 2

Ainda sonhando com o 24º troféu de Grand Slam da carreira, marca que a faria igualar a recordista Margaret Court, Serena terá a missão de enfrentar a japonesa Naomi Osaka, número 3 do mundo. Osaka lidera o histórico por 2 a 1, com destaque para a final do US Open de 2018. O confronto oficial mais recente foi vencido por Serena no ano de 2019 em Toronto.

Início de jogo em alto nível para Serena

Serena começou melhor na partida, ao encaixar um rápido game de saque e exibir um jogo muito firme do fundo de quadra, com destaque para um backhand muito angulado para chegar ao break point e abrir 2/0. Mas assim como aconteceu no jogo contra Sabalenka nas oitavas, a heptacampeã sofria quando dependia do segundo saque. Fez só 5 pontos em 12 possíveis no primeiro set e permitiu que Halep devolvesse a quebra para fazer 2/2.

A vantagem de Serena foi recuperada no sexto game. Quando Halep tinha a chance de confirmar o serviço, fez uma dupla falta e prolongou a disputa. Mesmo ciente de que dificilmente conseguiria repetir a estratégia que funcionou contra Iga Swiatek no último domingo, quando passou a ser menos agressiva e a jogar mais atrás da linha de base para reduzir o número de erros, Halep tinha dificuldade de sair de posições defensivas e permitiu que Serena voltasse a quebrar. A norte-americana então foi firme no saque, com dois ótimos games para definir o set.

Sequência de quebras no início do 2º set
O segundo set começou com games longos e muita dificuldade para as sacadoras. Tanto é que a parcial chegou a ter quatro quebras consecutivas entre o segundo e o quinto game. Serena, que estava sempre atrás no placar, conseguiu empatar por 3/3 depois de voltar a sacar bem.

No game seguinte, a norte-americana encaixou uma série de boas devoluções e mandava nos pontos desde o início. Ela chegou a criar cinco break points, mas desperdiçava muitas dessas chances com erros não-forçados. Ainda assim, Serena conseguiu a quebra para fazer 4/3 e num momento em que Halep já tentava ser mais agressiva, mas a norte-americana mostrou muita consistência defensiva, como já havia feito em outros momentos do torneio.

Depois disso, a ex-líder do ranking ganhou muita confiança e já não errava mais. Ela definiu seu game de saque de forma muito rápida e passou a pressão para o outro lado. Halep partia para a definição dos pontos na reta final do jogo, tentando diminuir a vantagem, mas cometia muitos erros não-forçados e cedeu uma nova quebra que encerrou a partida.

Serena terminou o jogo com quatro aces, liderou nos winners por 24 a 9 e cometeu 33 erros não-forçados contra 19 da romena. Apesar do alto número de erros, chama atenção o quanto a norte-americana foi firme nos pontos mais longos da partida, que teoricamente favoreceriam o estilo de jogo de Halep. As duas jogadoras fizeram 16 pontos cada naqueles disputados entre 5 a 8 trocas de bola. Já nos ralis com mais de nove trocas, Serena venceu 14 pontos em 20 possíveis. 

Comentários