Notícias | Dia a dia
Segundo challenger será mais duro para Murray
15/02/2021 às 12h26

Murray jogou um challenger na mesma cidade na última semana e foi finalista

Foto: Divulgação

Biella (Itália) - Depois de iniciar a temporada com o vice-campeoanto no challenger de Biella, na Itália, Andy Murray disputará mais um torneio em quadras duras e cobertas na mesma cidade. Entretanto, o evento desta semana oferece maior premiação (saltando de 44 mil para 132 mil euros no total) e mais pontos no ranking (de 80 para 125 ao campeão). E por isso, o britânico terá um caminho bem mais complicado.

Cabeça 1 no torneio que terminou no último domingo, Murray sequer aparece entre os cabeças de chave no novo challenger italiano. O ex-número 1 do mundo e atual 125º do ranking estreia contra o italiano Federico Gaio, 140º colocado. O confronto entre eles é inédito no circuito.

Em caso de vitória, o britânico já pode enfrentar nas oitavas o espanhol Alejandro Davidovich Fokina, principal favorito e número 54 do mundo, que encara o canadense Steven Diez. O quadrante de Murray e Fokina ainda tem o russo Evgeny Donskoy, oitavo cabeça de chave e número 123 do ranking. Ainda na parte de cima da chave estão o cabeça 3 sul-coreano Soonwoo Kwon, 97º do mundo, e o francês Antoine Hoang.

O jovem norte-americano de 20 anos Sebastian Korda, 88º do mundo, é o segundo favorito e estreia contra o cazaque Dmitry Popko. Korda pode encarar o ex-top 10 Ernests Gulbis nas oitavas e o promissor italiano Lorenzo Musetti nas quatas. O outro quadrante tem o experiente italiano Andreas Seppi, o jovem polonês Kamil Majchrzak e o ucraniano Illya Marchenko, campeão na semana passada.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva