Notícias | Dia a dia | Australian Open
Fritz: 'Não comemorei pontos por respeito a Novak'
12/02/2021 às 22h50

Melbourne (Austrália) - Coadjuvante na vitória de superação do sérvio Novak Djokovic na última sexta-feira, pela terceira rodada do Australian Open, o norte-americano Taylor Fritz mostrou todo o seu respeito ao número 1 do mundo na entrevista coletiva após a partida. Ele não apenas elogiou muito ‘Nole’, mas também disse que evitou celebrar os pontos diante de um adversário combalido.

“Durante o terceiro e quarto sets não comemorei nenhum ponto por respeito a Djokovic. Pensei que ele estava machucado e parecia errado comemorar os pontos. Não sei se ‘Nole’ vai jogar depois de amanhã na próxima rodada. Vamos ver o que acontece. Obviamente ele não parecia bem”, comentou o norte-americano de 23 anos e atual 31 do mundo.

+ Fritz: 'No 5º set, o Djokovic já estava bom de novo'
+ Djokovic: 'Não sei se vou me recuperar em 2 dias'

Sobre a reação de Djokovic na última parcial, o norte-americano destacou a evolução nos serviços como ponto chave. “Nole sacou incrivelmente bem no quinto set, errou poucas bolas e foi muito melhor do que no terceiro e quarto sets. Foi ainda mais difícil ler seu saque no quinto. Além disso, ele melhorou nas devoluções e cometeu menos erros do que antes”, analisou.

“Eu sabia que ele voltaria forte no quinto set. Foi uma partida muito apertada até o final. Fui eliminado três vezes consecutivas na terceira rodada e realmente queria enfim superar essa fase. Lutei muito, mas não consegui”, complementou Fritz.

Comentários