Notícias | Dia a dia | Australian Open
Kenin inicia defesa do título, Muguruza vence
08/02/2021 às 23h11

Sofia Kenin perdeu dois serviços e cometeu 27 erros não forçados na estreia do Australian Open

Foto: Site oficial

Melbourne (Austrália) - Com maior dificuldade do que se esperava, Sofia Kenin deu o primeiro passo para a defesa do título do Australian Open na noite desta segunda-feira. Diante da convidada local Maddison Inglis, 133ª do mundo, a norte-americana marcou trabalhosos 7/5 e 6/4.

Kenin parou nas quartas na semana passada num dos WTA 500 preparatórios, facilmente batida por Garbiñe Muguruza, e acusou desconforto muscular. Ela demorou a achar o melhor ritmo contra Inglis, que abriu 3/1 e ainda liderou até 5/4. Só então Kenin achou o caminho da quebra para fechar o set em seguida. Na outra série, a cabeça 4 fez 3/1, cedeu empate mas obteve nova quebra, fechando após salvar perigoso break-point. Sua adversária será Kaia Kanepi ou Anastasija Sevastova.

A própria Muguruza estreou simultaneamente e só teve algum trabalho no primeiro set com a russa Margarita Gasparyan, fechando a partida por 6/4 e 6/0. Finalista do WTA 500 no sábado, Muguruza está na parte inferior da chave e teve seu jogo atrasado para maior recuperação. Aguarda agora Paula Badosa ou Ludmilla Samsonova, mas está mesmo de olho no possível duelo contra Naomi Osaka ainda nas oitavas.

Quem está embalada é a norte-americana Ann Li, outra que chegou à final do WTA 500 das tenistas que não puderam treinar na quarentena. Aos 20 anos e agora 69ª do ranking, ela atropelou a chinesa e cabeça 31 Shuai Zhang, por 6/2 e 6/0, e irá desafiar a francesa Alizé Cornet.

Também avançaram a belga Elise Mertens, cabeça 18 e campeã do Gippsland Trophy, com fáceis 6/1 e 6/3 sobre a adolescente Leylah Fernandez, e a argentina Nadia Podoroska, que marcou duplo 6/4 sobre a norte-americana Christina McHale.

Comentários