Notícias | Dia a dia | Australian Open
'Quadra está muito mais rápida', garante Thiem
06/02/2021 às 16h24

Melbourne (Austrália) - Vice-campeão do ano passado num piso consideravelmente veloz, o austríaco Dominic Thiem se mostrou surpreso ao sentir que as quadras do Australian Open estão ainda mais rápidas na edição 2021. O torneio acontece três semanas mais tarde e com temperatura média bem inferior ao forte calor habitual.

"Todos com quem conversei disseram que a superfície está muito mais veloz e eu também vejo assim", salientou Thiem na apresentação oficial à imprensa. "Ainda senti o piso um pouco mais escorregadio. Provavelmente, essas condições sejam melhores para outros jogadores".

O número 3 do mundo se coloca na lista de favoritos, mas atrás de Novak Djokovic e Rafael Nadal. E ainda 'comemorou' a ausência de Roger Federer. "Os dois são os grandes candidatos ao título. A ausência de Federer tira um concorrente forte. Guardo boas recordações do ano passado e estava com muita vontade de voltar aqui. Fiz um torneio fantástico, fiquei perto do título". Thiem perdeu para Djokovic no quinto set depois de liderar por 2 sets a 1.

Por fim, Thiem reconheceu que a preparação para o torneio não foi a ideal na ATP Cup. "Se analisar os resultados, perdi para o (Matteo) Berrettini, que jogou seu melhor tênis e mereceu. Essa derrota me fez enxergar muitas coisas e os erros que preciso corrigir. Depois (Benoit) Paire teve que abandonar e assim chego a este Slam com poucos minutos em quadra de ritmo competitivo. Assim tentarei aproveitar esses últimos dias de treinos".

Thiem já tem estreia marcada para a madrugada desta segunda-feira contra o cazaque Mikhail Kukushkin, atual 90º do ranking, adversário inédito ao longo da carreira.

Comentários