Notícias | Dia a dia
Medvedev vira sobre Zverev e coloca a Rússia na final
06/02/2021 às 01h09

Melbourne (Austrália) - Assim como aconteceu nos dois confrontos da fase de grupos da ATP Cup, os russos mantiveram o aproveitamento de 100% em simples e se classificaram para a final do torneio com vitórias de Andrey Rublev e Daniil Medvedev, sem precisar da partida de duplas contra a Alemanha liderada por Alexander Zverev, responsável pela eliminação dos sérvios atuais campeões.

Rublev abriu os trabalhos contra Jan-Lennard Struff e precisou de três sets para superar o rival germânico de virada, anotando parciais de 3/6 6/1 e 6/2, em 1h34 de partida. Na sequência Medvedev também precisou mostrar poder de reação, saiu perdendo para Zverev e depois de 2h37 de batalha, fechou o jogo com o placar final de 3/6, 6/3 e 7/5.

O embate que definiu o primeiro finalista da ATP Cup foi longo, muito disputado e cheio de duplas faltas. Zverev cometeu 9 durante a partida, uma delas crucial para ser quebrado no penúltimo game da parida, mas quem terminou com mais erros de segundo serviço foi Medvedev, que anotou 13 duplas faltas, uma a mais do que seus 12 aces. Do outro lado, o alemão fez 7 pontos de saque.

Zverev largou melhor, venceu os três primeiros games e deixou escapar um break-point para fazer 4/0 e saque. Após evitar mais uma chance de quebra no sexto game, Medvedev teve suas oportunidades no saque do rival, mas perdeu os dois breaks que disputaram no sétimo. O alemão manteve a vantagem até o fim e saiu na frente.

No segundo set, o peso das duas duras partidas contra a Sérvia, encarando Novak Djokovic em simples e duplas, parece ter cobrado seu preço e Zverev não só diminuiu um pouco o ritmo, mas até chegou a pedir atendimento na região lombar. Mesmo assim foi ele que saiu na frente abrindo 3/2 e saque. Só que com o decorrer da disputa, Medvedev cresceu anotou duas quebras seguidas e empatou o jogo.

A definição foi para a terceira parcial na qual o alemão retomou o nível do primeiro set e meio e voltou a igualar a partida. Os sacadores prevaleceram até o 11º game, quando Zverev vacilou e foi quebrado com uma dupla falta bisonha. Na sequência, Medvedev sacou para o jogo, mas não teve facilidade para fechar, precisando salvar cinco break-points e só sacramentando o triunfo no quarto match-point.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva