Notícias | Dia a dia
Andreescu volta às quadras e tem chave dura
01/02/2021 às 07h44

Andreescu não disputa um torneio desde o Finals de 2019

Foto: Arquivo

Melbourne (Austrália) - A tão esperada volta de Bianca Andreescu ao circuito profissional acontecerá nesta semana. A canadense de 20 anos e número 8 do mundo será a principal cabeça de chave do Grampians Trophy, terceiro WTA 500 da semana em Melbourne. O evento terá somente as tenistas que ficaram em isolamento total durante a rígida quarentena australiana e não puderam sair de seus quartos nem para treinar.

O último torneio que Andreescu disputou foi o WTA Finals de 2019, quando ela sofreu uma lesão no joelho e teve que desistir ainda na fase de grupos. O tratamento para a lesão e a paralisação do circuito pela pandemia da Covid-19 fizeram com que a canadense não disputasse nenhum torneio em 2020. Como a WTA adotou temporariamente um ranking de dois anos, ela conseguiu se manter no top 10 só com os pontos de 2019.

Andreescu entra diretamente nas oitavas. Ela pode enfrentar a norte-americana Sloane Stephens, em duelo que reuniria duas campeãs do US Open, ou então fazer um confronto canadense contra a jovem de 18 anos e 89ª do ranking Leylah Fernandez. No mesmo quadrante está a canhota alemã Angelique Kerber, que estreia contra a tcheca Katerina Siniakova e depois pode enfrentar a tunisiana Ons Jabeur ou a russa Anna Blinkova.

Azarenka e Bencic também são atrações
A bielorrussa Victoria Azarenka é a terceira favorita do torneio e pode enfrentar a cazaque Yulia Putintseva ou a espanhola Georgina Garcia Perez na estreia. A ex-líder do ranking e atual número 13 do mundo tem como cabeça de chave mais próxima a estoniana Anett Kontaveit, que inicia o evento contra a norte-americana Christina McHale.

Belinda Bencic é a segunda cabeça de chave. Atual 12ª do ranking, a suíça espera pela vencedora entre a romena Sorana Cirstea e a norte-americana Alison Riske. A grega Maria Sakkari pode pintar nas quartas. Já em uma possível semifinal, as principais candidatas seriam a cazaque Elena Rybakina ou a norte-americana Jennifer Brady.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio