Notícias | Dia a dia
Osaka se torna dona de time de futebol feminino
28/01/2021 às 15h10

Osaka é agora uma das donas do North Carolina Courage, time profissional da liga norte-americana

Foto: Divulgação

Adelaide (Austrália) - Atleta mais bem paga do mundo, Naomi Osaka decidiu investir em outras mulheres do esporte. A jogadora japonesa de 23 anos foi anunciada nesta quinta-feira como uma das donas do North Carolina Courage, time da National Women's Soccer League (NWSL), liga norte-americana de futebol feminino dos Estados Unidos. O time foi fundado em 2017, é o atual bicampeão da liga profissional e tem no elenco a brasileira Debinha.

"As mulheres que investiram em mim enquanto crescia me fizeram ser quem sou hoje. Não sei onde estaria sem elas. Ao longo da minha carreira, sempre recebi muito amor de minhas colegas atletas. Por isso, tenho o orgulho de compartilhar que agora sou uma das donas do North Carolina Courage".

Em entrevista ao site do clube, Osaka comentou que as posturas institucionais da equipe e de suas jogadoras em temas de interesse social foram fatores que a motivaram escolher o Courage para investir. "Meu investimento no Courage vai muito além de ser apenas uma dona de equipe, é um investimento em mulheres incríveis que são líderes em campo e inspirações para todas as jovens atletas. Também admiro tudo o que o Courage faz pela diversidade e igualdade, que estou muito ansiosa para apoiar e impulsionar esse trabalho".

Nas últimas semanas, Osaka firmou novos acordos com marcas renomadas, como a grife francesa Louis Vuitton e fabricante de relógios de luxo TAG Heuer, sediada na Suíça. Um recente estudo da revista norte-americana Forbes mostra que a japonesa recebeu US$ 37,4 milhões em apenas um ano, sendo US$ 3,4 milhões são de premiações de torneios, enquanto outros US$ 34 milhões são de contratos de patrocínio. Nos últimos meses, a tenista também foi bastante atuante em manifestações contra o racismo e por maior justiça social.

Serena também é dona de um time
Osaka não é a única tenista de elite a ser dona de um time profissional de futebol feminino nos Estados Unidos. Em julho do ano passado, Serena Williams participou da fundação de um novo time em Los Angeles. O clube recebeu o nome de Angel City e estreará na liga a partir de 2022. Serena e seu marido, o empresário Alexis Ohanian, estão entre os investidores da nova franquia do campeonato. Até mesmo a filha de três anos do casal, Alexis Olympia, terá uma participação no fundo de investimentos que financia o time.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG