Notícias | Dia a dia
Duas russas são banidas por manipular resultados
27/01/2021 às 14h34

As russas Sofia Dmitrieva e Alija Merdeeva estão permanentemente proibidas de comparecer a eventos de tênis

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - As jogadoras russas Sofia Dmitrieva e Alija Merdeeva foram banidas do tênis. Uma investigação da International Tennis Integrity Agency (ITIA)* confirmou que elas estavam envolvidas em muitos casos de manipulação de resultados. Em duas dessas partidas, as russas estavam jogando juntas como parceiras de duplas.

Os casos foram julgados pelo oficial de audiências anticorrupção Charles Hollander e as sanções significam que ambas as jogadoras estão permanentemente proibidas de jogar ou comparecer a qualquer evento de tênis autorizado ou sancionado pelos órgãos dirigentes do esporte.

Sofia Dmitrieva, de 26 anos, esteve envolvida em um total de seis incidentes de manipulação de resultados. Além disso, ela foi acusada de não cooperar com a investigação. A russa conquistou dois títulos profissionais de duplas no circuito da Federação Internacional de Tênis (ITF). Ela nunca passou do 1.191º lugar no ranking de simples da WTA e alcançou apenas a 939ª posição nas duplas.

Já Alija Merdeeva, de 23 anos, tem como seu melhor ranking de simples o 928º lugar. Nas duplas, atingiu a 644ª posição. Ela participou de dois incidentes de manipulação de resultados e nunca venceu um título profissional no circuito da ITF.

* A partir deste ano, a International Tennis Integrity Agency (ITIA) substitui a Tennis Integrity Unit (TIU) nas análises de casos relacionados à corrupção no tênis.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio