Notícias | Dia a dia
Mesmo recuperado, Massú não irá à Austrália
25/01/2021 às 14h21

Massú tentava uma liberação para viajar após ter resultado negativo do exame, mas não foi possível

Foto: Arquivo

Adelaide (Austrália) - Apesar das tentativas de Dominic Thiem e sua equipe, o austríaco não poderá contar com o técnico Nicolas Massú durante o Australian Open. Massú foi diagnosticado com a Covid-19 no dia 13 de janeiro e não pôde embarcar para Austrália, onde cumpriria a quarentena obrigatória no país. O técnico chileno tentava uma liberação para viajar depois que estivesse recuperado, mas não foi possível.

O empresário de Thiem, Herwig Straka, se manifestou sobre o caso por meio de um comunicado. "Nico já testou negativo, mas ainda assim não irá ao Australian Open", afirmou. "O pai de Dominic, Wolfgang Thiem, está comandando a rotina de treinos e tem muito contato com o Nico".

A situação de Massú é parecida com a do britânico Andy Murray e do português João Sousa. Os dois também foram infectados pela Covid-19 às vésperas da viagem para Melbourne. Ambos vinham cumprindo o isolamento em suas casas, enquanto buscavam alternativas para chegar mais tarde à Austrália e também não tiveram sucesso.

Thiem está cumprindo seu período de isolamento em Adelaide, no Sul da Austrália. Lá ele participa de um evento no dia 29 de janeiro, que terá exibições com nomes como Serena Williams, Rafael Nadal, Novak Djokovic, Naomi Osaka, Simona Halep e a número 1 do mundo Ashleigh Barty. Depois, ele segue para Melbourne e disputa a segunda edição da ATP Cup a partir de 2 de fevereiro. Já o Australian Open começa na semana seguinte.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG