Notícias | Dia a dia
Homenagem a Court na Austrália gera nova polêmica
22/01/2021 às 13h59

Melbourne (Austrália) - Maior campeã de Grand Slam da história com suas 24 conquistas, a australiana Margaret Court voltou ao noticiário envolvida em polêmica. Figura controversa nos últimos anos por causa de suas opiniões religiosas, ela será homenageada no Dia da Austrália, o que gerou muitas críticas no país.

Anteriormente indicada como membro do segundo maior prêmio nacional, a Oficial da Ordem da Austrália, em 2007, por seu sucesso no esporte, Court deve ser elevada ao nível mais alto, a Companheira da Ordem da Austrália, na próxima terça-feira.

Embora tenha se destacado muito dentro das quadras, onde não apenas tem o recorde de Slam como também foi a primeira mulher da Era Aberta a vencer os quatro em um mesmo ano, Court é uma figura controversa fora do tênis.

Suas opiniões sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo e homossexualidade levaram a pedidos para que Margaret Court Arena em Melbourne Park fosse renomeada. Mesmo assim, não impediram que ela fosse homenageada no ano passado em comemoração dos 50 anos de seus quatro títulos de Slam na mesma temporada.

Questionado sobre a honra elevada para Court, o premier vitoriano Dan Andrews disse que estava cansado de falar sobre essa pessoa todo verão. “Eu não apoio isso. Não acredito que ela tenha pontos de vista que estejam de acordo com a grande maioria das pessoas em nosso país, mas não sou o responsável por isso”, se defendeu.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva