Notícias | Dia a dia
'Devastado', Murray desiste do Australian Open
22/01/2021 às 13h18

Londres (Inglaterra) - Apesar de todas as tentativas e negociações, Andy Murray não poderá disputar o Australian Open. O britânico havia sido diagnosticado com a Covid-19 às vésperas de embarcar para Melbourne, onde teria que cumprir a quarentena obrigatória de 14 dias. Ele estava isolado em sua casa, enquanto aguardava uma liberação para viajar depois que estivesse curado, mas formalizou sua desistência nesta sexta-feira.

"Não poderei viajar para Melbourne e competir no Australian Open", disse Murray, por meio de um comunicado. "Temos mantido um diálogo constante com a Tennis Australia para tentar encontrar uma solução que permita alguma forma de quarentena viável, mas não conseguimos fazer isso funcionar".

"Quero agradecer a todos por seus esforços. Estou devastado por não jogar na Austrália. É um país e um torneio que adoro", acrescenta o britânico de 33 anos, que já disputou cinco finais de Australian Open, mas sempre ficou com o vice-campeonato.

Ex-número 1 do mundo e vencedor de três Grand Slam, Murray aparece atualmente no 123º lugar do ranking. O britânico já passou por duas cirurgias no quadril e chegou a cogitar a aposentadoria há dois anos, mas conseguiu voltar a jogar e até venceu o ATP 250 da Antuérpia em 2019.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva