Notícias | Dia a dia
Kyrgios: 'Djoko não é o maior, pois nunca me venceu'
22/01/2021 às 09h22

Melbourne (Austrália) - Mais uma vez Nick Kyrgios cutucou o sérvio Novak Djokovic, que nos últimos tempos tem sido sua principal vítima fora das quadras. Depois de criticar o número 1 do mundo por não usar máscara em um transporte do hotel para a quadra de treinos, o controverso australiano agora foi mais longe.

Desta vez Kyrgios tratou de questionar aqueles que afirmam que o sérvio é o maior tenista de todos os tempos. Ele argumentou que ‘Nole’ não pode ser considerado o maior se tem retrospecto negativo nos duelos que travaram até então.

“Não importa quantos Grand Slam ele vença, ele nunca será o maior para mim pelo simples fato de termos nos enfrentado duas vezes e eu ter vencido ambas. Se você não consegue me vencer, não pode ser o maior de todos os tempos”, disse Kyrgios para o Herald Sun.

Embora o retrospecto de Djokovic contra o australiano seja mesmo negativo, com duas derrotas em dois jogos, a história é diferente contra seus principais rivais. O sérvio tem 29 vitórias e 27 derrotas contra o espanhol Rafael Nadal e 27 vitórias e 23 derrotas contra o suíço Roger Federer.

Do Big 3, o tenista de Belgrado é o único que ainda não conseguiu vencer Kyrgios. Nadal soma cinco triunfos em oito duelos com o australiano e Federer é o que ostenta o melhor retrospecto contra o atual 47 do mundo, perdendo apenas um dos sete jogos que disputaram.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva