Notícias | Dia a dia
Alcaraz e tenistas do quali ampliam para 72 os isolados
17/01/2021 às 10h28

Melbourne (Austrália) - A organização do Australian Open oficializou a notícia de quem um terceiro voo chegou em Melbourne com pelo menos um infectado. O avião veio de Doha e, segundo informa o Marca, trazia os jogadores que furaram o qualificatório, entre eles o jovem espanhol Carlos Alcaraz, além de seu treinador, o ex-número 1 do mundo Juan Carlos Ferrero.

"Um caso positivo de Covid-19 foi confirmado em um passageiro do voo vindo de Doha, que chegou em Melbourne às 5h30 do dia 16 de janeiro. O passageiro não está ligado aos jogadores e testou negativo na noite anterior ao embarque. Eram 58 os passageiros no voo, incluindo 25 jogadores que já estão em quarentena nos seus hotéis", disse a organização do Australian Open em comunicado.

+ Tenistas divergem sobre normais impostas pelo Australian Open

Com o quinto caso positivo de coronavírus em voos que chegaram na Austrália, sobem para 72 o número de tenistas totalmente isolados. Além de Alcaraz e dos jogadores vindos do quali, também estavam no avião os lucky-losers da competição, como o boliviano Hugo Dellien, e alguns classificados de última hora, caso do bielorrusso Ilya Ivashka.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio