Notícias | Dia a dia
Preparador testa positivo, mas Krajinovic é liberado
16/01/2021 às 12h15

Adelaide (Austrália) - Enquanto em Melbourne 47 tenistas serão obrigados a cumprir uma quarentena ainda mais restrita, pois vieram em voos nos quais pelo menos uma das pessoas a bordo acabou testando positivo para o coronavírus no desembarque, em Adelaide o sérvio Filip Krajinovic foi liberado para treinar apesar do teste positivo de seu preparador físico.

Agustin Carbelor, preparador físico de Krajinovic, testou positivo para coronavírus, no entanto, de acordo as informações do Sportklub, foram encontrados anticorpos em Carbelor, portanto não haverá quarentena.

Os médicos australianos encontraram anticorpos e não deve haver nenhum problema no que diz respeito aos treinos de Krajinovic, que foi para a Adelaide como parceiro de treinos do compatriota Novak Djokovic. Nem ele e nem os demais passageiros do voo que o trouxe para a Austrália vindo de Doha serão afetados pelo positivo do preparador físico.

Agustín deu positivo no dia 24 de dezembro, depois disso ele ficou em quarentena de duas semanas, então o teste positivo foi provavelmente uma consequência dos restos do vírus. Vale lembrar que a organização do Australian Open já havia liberado o norte-americano Tennys Sandgren para embarcar para o país em uma situação semelhante.

Contudo, a novidade pode não pegar muito bem com os demais jogadores, principalmente depois de colocaram em isolamento todos os tenistas que vieram dos voos com contaminados. Alguns tenistas já demonstraram descontentamento com o tratamento diferenciado dado aos principais nomes, que cumprem quarentena exclusiva em Adelaide.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva