Notícias | Dia a dia
Australianos se preocupam com a realização do AO
15/01/2021 às 08h53

Melbourne (Austrália) - Aos poucos os tenistas que irão disputar o Australian Open deste ano vão desembarcando, como já aconteceu com Novak Djokovic, Rafael Nadal, as irmãs Venus e Serena Williams, Naomi Osaka e Dominic Thiem, que já estão em Adelaide. Esta chegada dos jogadores e seus acompanhantes tem preocupado os moradores locais.

Segundo levantamento do jornal Sydney Morning Herald, alguns australianos afirmam que é um desastre esperando para acontecer e chamam a situação de hipocrisia total. Do outro lado, o governo insiste que os jogadores cumprirão a quarentena mais rígida do mundo e que o torneio será seguro, mas isso parece não ter convencido boa parte da população.

O jornal australiano conversou com alguns leitores e estes se mostraram bastante preocupados com a realização do primeiro Grand Slam da temporada. “Os padrões apresentados por este governo atual são confusos e perigosos; complacência está preparando nosso estado para uma terrível terceira onda”, disse um dos leitores.

Alguns acreditam que a chegada de milhares de pessoas do mundo inteiro pode prejudicar todo o trabalho árduo que os moradores do estado de Victoria fizeram no ano passado no confinamento. Há também os que reclamam da quantidade de dinheiro que irão gastar com a disputa dos torneios no país. “Não tem a ver com saúde, mas com política”.

Contudo, há também os apoiadores da realização do Australian Open, que defendem o torneio desde que as normas sanitárias sejam cumpridas. Estes acreditam que o evento foi planejado meticulosamente e que as autoridades terão tudo sobe controle, não colocando em risco assim a população local.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva