Notícias | Dia a dia
Massú pega Covid-19 e Thiem treinará com o pai
13/01/2021 às 17h52

Expectativa da equipe é que Massú viaje para a Austrália assim que tiver exame negativo para a doença

Foto: Arquivo

Graz (Áustria) - Técnico de Dominic Thiem no circuito, o chileno Nicolas Massú testou positivo para Covid-19 e não poderá acompanhar o austríaco durante o período de quarentena que ele vai cumprir em Adelaide. Segundo o jornal austríaco Kleine Zeitung, a equipe do atual número 3 do mundo espera que Massú seja liberado para viajar à Austrália assim que tenha um exame com resultado negativo para a doença.

Wolfgang Thiem, pai do tenista de 27 anos, falou sobre os planos da equipe: "Ele fará um novo exame nos próximos dias. Assim que estiver com resultado negativo, ele virá. Provavelmente, teremos que passar as primeiras duas semanas na Austrália sem o Nico. Durante este tempo, vou treinar com Dominic e também com o Dennis Novak".

O protocolo de segurança do Australian Open exige uma quarentena obrigatória de duas semanas para todos que chegarem do exterior. Além disso, cada tenista terá que designar apenas um parceiro de treino para a primeira semana de isolamento. É o caso de Dennis Novak, 98º do ranking, que irá treinar com Thiem.

O Australian Open começa no dia 8 de fevereiro. Antes disso, Thiem participa de uma exibição em Adelaide no dia 29 de janeiro, que também contará com Novak Djokovic, Rafael Nadal, Serena Williams, Simona Halep e Naomi Osaka. Depois, ele segue para Melbourne e disputa a segunda edição da ATP Cup a partir de 1º de fevereiro. A equipe austríaca terá Thiem, Novak e também Philipp Oswald e Tristan Weissborn.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG