Notícias | Dia a dia
Título aumenta confiança de Sabalenka para o AO
13/01/2021 às 17h19

Sabalenka venceu seu 15º jogo consecutivo e conquistou o título em Abu Dhabi

Foto: Jimmie48/WTA

Abu Dhabi (Emirados Árabes) - Campeã logo no primeiro torneio da temporada, Aryna Sabalenka ganha ainda mais confiança na busca por seu primeiro título título de Grand Slam. A bielorrussa inicia 2021 com o título do WTA 500 de Abu Dhabi e já acumula 15 vitórias consecutivas no circuito, já que havia terminado o ano passado vencendo os torneios de Ostrava e Linz. Ela chegará em grande fase para o Australian Open, que começa no dia 8 de fevereiro.

"Estou muito feliz por seguir vencendo e farei tudo o que puder para continuar assim. Ninguém gosta de perder", disse Sabalenka após a vitória por duplo 6/2 sobre a russa Veronika Kudermetova em uma final com apenas 1h06 de duração nesta quarta-feira.

"Fiz tudo o que podia em cada partida desde o início e estou muito feliz por começar esta temporada com um título", acrescenta a bielorrussa de 22 anos, que tem agora nove conquistas na elite do circuito. "Cada final é especial e eu diria que as finais são uma competição à parte. A de hoje foi muito boa e foi um jogo muito rápido".

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por WTA (@wta)

Depois de ter feito um primeiro set muito seguro em seu saque, sem enfrentar break points e com apenas cinco pontos perdidos em seus games de serviço, Sabalenka passou por mais altos e baixos na parcial seguinte. O segundo set da partida teve seis quebras e 16 break points no total. Mesmo perdendo duas vezes o serviço, a bielorrussa quebrou todos os quatro games de saque da rival.

"Nos primeiros dois games de saque dela eu estava tentando entender o que ela estava fazendo. Então, comecei a sentir onde ela estava sacando, fui seguindo esse sentimento e funcionou muito bem. Acho também que eu coloquei muita pressão sobre ela em meus games de serviço", explica Sabalenka, que salta três posições no ranking e assumirá o sétimo lugar, melhor marca de sua carreira.

"Estou muito orgulhosa de ter lutado nesse torneio. Em algumas partidas, eu não sentia meu saque, em outras eu não sentia meu forehand ou backhand, mas eu continuava lutando  até encontrar os meus melhores golpes. É por isso que estou muito orgulhosa e muito feliz com este título".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva