Notícias | Dia a dia
Yastremska testa positivo para anabólico e é suspensa
07/01/2021 às 12h47

Londres (Inglaterra) - A jovem ucraniana Dayana Yastremska foi provisoriamente suspensa após falhar em teste antidoping. A tenista de 20 anos forneceu uma amostra de urina fora de competição em 24 de novembro de 2020 que mostrou o metabolito mesterolona, da categoria S1 (Agentes Anabólicos) da lista de substâncias proibidas pela Wada (Agência Mundial Antidoping).

“Em 22 de dezembro de 2020, a Sra. Yastremska foi acusada de violação do Artigo 2.1 do Programa Antidoping (presença de uma substância proibida na amostra de um jogador) e foi suspensa provisoriamente com efeito a partir de 7 de janeiro de 2021”, disse o comunicado divulgado nesta quinta-feira.

Yastremska tinha o direito de solicitar que seu caso fosse ouvido por um tribunal independente, mas optou por não exercer esse direito até o momento e cumpre a suspensão provisória.

A ucraniana já se posicionou sobre o assunto através de suas redes sociais. "Eu afirmo com firmeza que nunca usei qualquer substância proibida para ter ganho de desempenho. Estou chocada, em especial porque em teste realizado duas semanas antes, durante o WTA de Linz, eu dei negativo", disse o comunicado divulgado pela jogadora.

"Apenas uma concentração muito pequena do metabolito mesterolona foi detectada na minha urina. Como não havia nada no teste realizado duas semanas antes, recebi o conselho científico de que houve alguma contaminação no teste. Por causa da confidencialidade do procedimento, não posso dar qualquer nova informação sobre o caso. De qualquer forma, estou determinada e fazer de tudo para limpar meu nome", finalizou.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva