Notícias | Dia a dia
Halep relembra 1ª final: 'De repente, fiquei popular'
03/01/2021 às 12h06

Romena diz que encontrou meios de ser gentil com os fãs sem perder o foco na carreira

Foto: Arquivo

Constanta (Romênia) - Vice-líder do ranking e uma das jogadoras mais populares do circuito mundial, Simona Halep lembra que precisou lidar com uma fama repentina depois de sua primeira final de Grand Slam. Quando ainda tinha 22 anos, ela decidiu Roland Garros contra Maria Sharapova em 2014 e ficou com o vice-campeonato. A romena explica, em entrevista ao podcast Behind The Racquet, que sua rotina mudou desde então, mas que que ela encontrou meios de atender bem os fãs sem perder o foco na carreira.

"Em 2014, o tênis mudou minha vida. Joguei minha primeira final de Grand Slam em Roland Garros. Ninguém na Romênia havia chegado a uma final de Slam desde 1978. Todos no país tinham grandes esperanças para o meu futuro. Eles começaram a acreditar que eu poderia ganhar um Grand Slam", disse Halep.

"Fiquei popular da noite para o dia. As pessoas me reconheciam nas ruas e pediam fotos e autógrafos. Foi uma grande mudança e difícil de administrar, mas aprendi muitas coisas durante esse tempo", acrescenta a romena, que atualmente tem dois títulos de Grand Slam, Roland Garros em 2018 e Wimbledon em 2019.

"Tentei aproveitar o momento, mas era estressante porque consumia muita energia. E eu não queria perder o foco na minha carreira. Tentei encontrar um equilíbrio, fui generosa e aberta com os fãs, mas mantive o foco no trabalho para obter resultados em quadra", acrescentou a ex-número 1 do mundo, atualmente com 29 anos.

Halep sente que a pressão por resultados aumentou depois de sua primeira decisão, mas que é possível lidar bem com as expectativas. "No início, senti que precisava mostrar ao mundo que poderia continuar vencendo. Esse sentimento me motivou a melhorar a cada dia. Nos últimos anos, melhorei a maneira como lido com os aspectos negativos e positivos da pressão".

"Quero ganhar partidas e torneios, mas aprendi que não é preciso colocar o sucesso em primeiro lugar. O mais importante é o trabalho. Se você der cem por cento, não terá motivo para se arrepender. Nunca tive medo do fracasso. Se você não teve sucesso, tem que trabalhar mais".

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Behind The Racquet (@behindtheracquet)

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio