Notícias | Dia a dia
Melbourne Park define quadras de cinco torneios
02/01/2021 às 07h56

Rod Laver e Margaret Court Arena (ao centro) recebem a ATP Cup, enquanto a John Cain Arena fica para a WTA

Foto: Arquivo

Melbourne (Austrália) - Apesar de o Australian Open estar marcado para começar no dia 8 de fevereiro, a movimentação no Melbourne Park já será intensa na semana anterior. O complexo que tradicionalmente recebe o Grand Slam australiano será palco de cinco eventos preparatórios e já definiu quais quadras serão utilizadas em cada competição. A ideia é reduzir deslocamentos e restringir a circulação de tenistas e também do público.

A segunda edição da ATP Cup, competição por equipes de 12 países, está marcada para acontecer entre os dias 1º e 5 de fevereiro. Segundo o jornal Herald Sun, serão utilizadas a Rod Laver Arena e a Margaret Court Arena. Os dois estádios ficam lado a lado no complexo do Australian Open.

A Sérvia venceu a edição inaugural da ATP Cup, disputada no ano passado em três cidades: Sydney, Perth e Brisbane. A lista de países participantes da segunda edição tem ainda Espanha, Áustria, Rússia, Grécia, Alemanha, Argentina, Itália, Japão, França, Canadá e a anfitriã Austrália.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Australian Open (@australianopen)

Torneios femininos utilizam a John Cain Arena
Os dois torneios WTA 500, que acontecem simultaneamente entre 31 de janeiro e 6 de fevereiro, terão como principal palco a John Cain Arena. Essa quadra foi durante muito tempo conhecida como Hisense Arena (e posteriormente Melbourne Arena) e fica na região leste do complexo do Melbourne Park. Portanto, as quadras adjacentes a este estádio ficam restritas às competições femininas. Também está previsto um WTA 250 simultâneo à segunda semana do Australian Open.

Ao mesmo tempo, o Melbourne Park também vai ser palco de mais dois ATP 250. Para esses eventos, as principais arenas serão as quadras 2 e 3, com as demais quadras da região oeste do compexo servindo de apoio.

Ideia é maximizar oportunidades para os tenistas
Diretor do torneio no Australian Open, Craig Tiley falou sobre a realização de toda a cadeia de torneios preparatórios em Melbourne. "Durante nossos muitos meses de planejamento para o Australian Open, uma das prioridades era a de fornecer o maior número possível de oportunidades de competição aos jogadores".

"Foi um ano incrivelmente difícil para todos e os tenistas tiveram oportunidades limitadas de competir ao longo de 2020. Esses eventos adicionais serão vitais para a preparação do Australian Open", acrescentou o dirigente, destacando as parcerias com a ATP e a WTA. "Trabalhamos em estreita colaboração com os circuitos e com nossos parceiros para proporcionar um verão seguro para todos: jogadores, fãs e nossa equipe operacional. Estamos ansiosos para trazer ótimos jogos de tênis e entretenimento de volta a Melbourne e Victoria".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva