Notícias | Dia a dia
Sem Federer, Suíça dá lugar ao Canadá na ATP Cup
30/12/2020 às 09h04

Shapovalov é o principal nome da equipe canadense na ATP Cup

Foto: Arquivo

Melbourne (Austrália) - A desistência de Roger Federer do Australian Open acabou impactando também um dos principais eventos preparatórios. Sem poder contar com o número 5 do mundo, a Suíça está fora da segunda edição da ATP Cup, que acontecerá em Melbourne entre os dias 1º e 5 de fevereiro.

Para o lugar da Suíça, entrará a forte equipe do Canadá. O país tem dois nomes no top 20, o número 12 do mundo Denis Shapovalov e o 14º colocado Milos Raonic, além do 21º do ranking Felix Auger-Aliassime.

A ausência da equipe suíça se dá pelos critérios de classificação para a ATP Cup. A escolha dos países participantes é feita com base no ranking de simples do melhor jogador de cada nação. Sem Federer, o melhor suíço passa a ser Stan Wawrinka, 18º do ranking.

Em 2021, serão 12 países na disputa, sendo que a anfitriã Austrália entra como convidada. As demais equipes participantes serão Sérvia, Espanha, Áustria, Rússia, Grécia, Alemanha, Argentina, Itália, Japão e França.

Os países serão divididos em quatro grupos de três. A lista final de jogadores inscritos será divulgada nos próximos dias. Já o sorteio das chaves só acontece em meados de janeiro.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva