Notícias | Dia a dia
Suárez mantém sonho olímpico e quer jogar um Slam
27/12/2020 às 17h21

Barcelona (Espanha) - Depois de se preparar para a despedida do tênis em 2020, anunciando a aposentadoria no final de 2019, a espanhola Carla Suárez foi forçada a mudar completamente os seus planos. Primeiro por causa da pandemia que assolou o mundo neste ano e depois pelo diagnóstico de um Linfoma de Hodgkin, anunciado um dia antes de completar 32 anos.

Em entrevista para o Mundo Deportivo, a espanhola falou sobre os planos para a próxima temporada, mantendo o sonho de disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio e a vontade de poder competir pela última vez em um Grand Slam. “o tratamento está respondendo e isso é motivo para estar feliz. Estou na fase final, estimo que falte um mês e meio”, contou Suárez.

“Faltam três sessões de quimioterapia, aí a gente verá se faço radioterapia ou não. É uma doença em princípio que, quando acaba, não volta mais. Calculo que em fevereiro, se eu não tiver radioterapia, posso estar recuperada”, acrescentou a espanhola, que está se sentindo bem, já fez cinco sessões de quimioterapia e inclusive voltou a bater bola em quadra.

A tenista de Las Palmas segue otimista pelo retorno ao circuito, mas garante que não pretende jogar além de 2021. “Eu gostaria de poder disputar um Grand Slam, obviamente na segunda parte da temporada. E estou observando se me classifico para as Olimpíadas. O corte é logo após Roland Garros e não poderei jogar antes”, pontuou Suárez.

"Minhas rivais terão que me ajudar a classificar”, brincou a espanhola. “Se eu entrar na lista, gostaria de participar dos Jogos de Tóquio. Tenho um ranking protegido de número 68, e o corte deve estar entre 60 e 70. Também quero jogar um pouco a gira norte-americana. A intenção é fazer três ou quatro torneios. Também vamos ver como o problema do coronavírus evolui”, disse Suárez.

Por fim, Carla exalta sua batalha contra o câncer. “Provavelmente será minha maior vitória. No começo eu estava contando: o primeiro, o segundo, o terceiro. Agora passou para o momento em que é menos um, menos dois e estou com pressa de querer terminar”.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva