Notícias | Dia a dia
Rusedski vê recorde de Slam entre Nadal e Djokovic
27/12/2020 às 13h43

Londres (Inglaterra) - Apesar de o suíço Roger Federer ter 20 títulos de Grand Slam, empatando no topo da lista masculina de campeões com o espanhol Rafael Nadal, para o britânico Greg Rusedski a briga pelo recorde acontecerá mesmo entre o canhoto de Mallorca e o sérvio Novak Djokovic, que vem um pouco atrás com suas 17 conquistas até então.

“Acho que a batalha é entre esses dois caras. Djokovic vai ultrapassar Federer. Talvez não no número total de vitórias ou de títulos, mas vai superá-lo nos títulos de Grand Slam”, afirmou o britânico, que destacou a importância do domínio do espanhol em Roland Garros o ajudando bastante nesta disputa.

“Você tem que dar como certo mais um título de Nadal lá na França, a não ser que (Dominic) Thiem consiga derrubá-lo. Por isso que Djokovic precisa vencer pelo menos dois Slam no próximo ano. Talvez três”, comentou Rusedski sobre a disputa pelo recorde de conquistas.

Esta já não é a primeira vez que Rusedski afirma que Federer terminará em terceiro na briga pelo número de títulos de Grand Slam. Pouco mais de um mês atrás ele havia dito que se o espanhol e o sérvio se mantiverem saudáveis, fatalmente deixariam o suíço para trás. Ele também falou que não vê o veterano da Basileia voltando ao circuito como fez em 2017.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva