Notícias | Dia a dia
Brasil terá 5 representantes nas duplas em Melbourne
24/12/2020 às 12h26

Stefani será a única representante brasileira nas chaves femininas do Australian Open

Foto: Arquivo

Melbourne (Austrália) - Foram divulgadas as listas de inscritos nas chaves de duplas do Australian Open nesta quinta-feira e o Brasil contará com cinco representantes. Principais nomes do país na modalidade, os mineiros Bruno Soares e Marcelo Melo serão os únicos como cabeças de chave, mas não estarão sozinhos.

Depois de fechar 2020 como a dupla número 1 do mundo, ao lado do croata Mate Pavic, Bruno mudará de parceiro para o ano que vem e voltará a jogar com o britânico Jamie Murray. Eles serão os cabeças de chave 7. Melo também terá companhia nova na próxima temporada, fará parceria com o holandês Jean-Julien Rojer, mas jogará com o romeno Horia Tecau na Austrália, formando a 8ª dupla mais bem cotada.

Outro que irá abrir a temporada com novidades é o gaúcho Marcelo Demoliner, que jogará ao lado do mexicano Santiago González, com quem faturou seu primeiro título de ATP, conquistado na grama de Antalya, em 2018. Já a paulista Luisa Stefani será a única que manterá a companheira de 2020, e vai disputar o primeiro Grand Slam da temporada junto com a norte-americana Hayley Carter.

Fechando a lista, aparece o cearense Thiago Monteiro, que além de ser o único garantido em simples, também vai competir nas duplas, em uma inusitada parceria com o australiano John Millman. Além dos cinco já garantidos, o carioca Fernando Romboli pode ampliar a participação brasileira. Ele e o espanhol David Vega estão na 11ª colocação na lista de espera.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva