Notícias | Dia a dia
Treinador de Berrettini vê oscilação como normal
14/12/2020 às 15h53

Monte Carlo (Mônaco) - Depois de brilhar em 2019, quando chegou à oitava colocação no ranking e se classificou para a disputa do ATP Finals, o italiano Matteo Berrettini não manteve a consistência em 2020 e fechou a temporada com 9 vitorias e 6 derrotas (60% de aproveitamento). Para o seu treinador, Vincenzo Santopadre, a oscilação é normal e agora o foco é trabalhar para o próximo ano.

“Matteo lutou muito na temporada passada, foi prejudicado por muitos problemas que o impediram de apresentar seu melhor nível. Estamos fazendo de tudo para melhorar. Após o sucesso de 2019, precisávamos encontrar um equilíbrio. Aprendemos muito com este ano estranho de 2020. É natural que um jovem jogador não alcance uma estabilidade mental depois de atingir um nível tão alto”, disse o técnico em entrevista à Federação Italiana de Tênis.

O foco principal é manter a saúde, trabalhar a preparação física e trabalhar na quadra. “Nosso treinamento para a temporada de 2021 começou há um mês no ATP Finals em Londres (Berrettini foi um dos reservas). Viajamos para Londres com a ideia de treinar muito forte por dez dias, focando na preparação física e no tênis de quadra”, disse Santopadre.

Agora o treinador e o tenista italiano estão baseados em Monte Carlo onde, nos últimos dias, Matteo treinou com Stan Wawrinka, Fabio Fognini, David Goffin e seu irmão Jacopo Berrettini. “Estamos esperando para ver quando vai começar a próxima temporada e quais torneios vão acontecer. Queremos ir o mais longe possível nos torneios mais importantes”, finalizou o técnico.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva