Notícias | Dia a dia
Argelino é banido do tênis por manipular resultados
14/12/2020 às 15h07

Londres (Inglaterra) - O tenista argelino Aymen Ikhlef foi banido do esporte pelo resto da vida depois que uma investigação da Tennis Integrity Unit (TIU) revelou várias violações às regras do Programa Anticorrupção do Tênis. O jogador também foi multado em US$ 100 mil.

O caso disciplinar foi avaliado pelo auditor anticorrupção Richard McLaren. Ele concluiu que Ikhlef cometeu dez violações ao código de conduta do esporte. Com isso, ele fica definitivamente proibido de jogar ou comparecer a qualquer evento oficial do tênis.

Ikhlef foi considerado culpado de quatro ocorrências de manipulação de resultados, dois casos em que solicitou a outros jogadores que não usassem seus melhores esforços, três ocasiões em que não denuciou abordagens corruptas e uma acusação de não cooperar com a investigação da TIU.

Aymen Ikhlef completou 23 anos em setembro e tem como melhor ranking da carreira apenas o 1.739º lugar, alcançado ainda em 2015. Em sua carreira profissional, disputou apenas cinco torneios de nível de future, com uma vitória e quatro derrotas. Como juvenil, atuou apenas em torneios dentro de seu próprio país e também na Tunísia entre 2011 e 2014.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio