Notícias | Dia a dia
Federer ainda não está 100%, mas quer jogar o AO
13/12/2020 às 17h50

Federer passou por duas cirurgias no joelho direito, uma em fevereiro e outra em junho

Foto: Reprodução/SRF Sport

Basileia (Suíça) - Afastado do circuito profissional desde a semifinal do Australian Open, em janeiro, Roger Federer diz que ainda não está 100% recuperado das duas cirurgias que fez no joelho direito. O suíço passou pela primeira operação em fevereiro e a segunda em junho. Ainda assim, espera disputar o Grand Slam australiano do ano que vem. Federer participou neste domingo à noite do prêmio Sports Awards, onde foi homenageado por sua vitoriosa carreira. Ele foi escolhido o melhor atleta suíço dos últimos 70 anos. 

"Eu gostaria de estar mais pronto e esperava estar 100% em outubro, mas ainda não estou. Pode ficar um pouco apertado para o Australian Open, mas ao mesmo tempo estou feliz com a posição onde estou hoje", disse Federer em seu discurso neste domingo. "Tínhamos um plano e decidimos levar o tempo que for necessário. Somente quando tivermos certeza de que podemos passar para a próxima etapa, é que faremos isso".

O veterano de 39 anos garante que não tem tido problemas físicos depois de ter feito a segunda cirurgia, no meio do ano. "Não tive contratempos desde a segunda operação. Tenho feito um progresso constante nos últimos seis meses", afirmou o atual número 5 do mundo. "Vamos ver como vão os próximos meses. Tenho feito muita fisioterapia e trabalho físico ultimamente. Agora vamos ver como vai o tênis".

Uma notícia que pode ser boa para Federer é um eventual adiamento da competição. Anteriormente previsto para janeiro, o Grand Slam australiano deve ter seu início remarcado para 8 de fevereiro. Isso porque o país exige uma quarentena obrigatória de 14 dias para todo mundo que chega do exterior e só irá abrir as fronteiras para os tenistas a partir da virada do ano. "É uma corrida contra o tempo para o Australian Open. Estou curioso para ver se vai mesmo começar só no dia 8 de fevereiro. É claro que ajudaria se eu tivesse um pouco mais de tempo".

Campeão juvenil de Paris ganha prêmio
A cerimônia deste domingo também premiou o jovem tenista suíço de 18 anos Dominic Stricker como Atleta Revelação do Ano na Suíça. Ele foi campeão juvenil de Roland Garros e ocupa o terceiro lugar no ranking mundial da categoria.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva