Notícias | Dia a dia
Título de Monteiro teve a final mais longa do ano
10/12/2020 às 17h18

Final entre Monteiro e Cecchinato em Punta del Este teve 38 games e 2h51 de duração

Foto: Arquivo

Punta del Este (Uruguai) - Com o fim da temporada dos torneios de nível challenger, a ATP consolidou os dados do circuito em 2020. Entre as estatísticas, o brasileiro Thiago Monteiro acabou aparecendo em destaque por alguns feitos obtidos na campanha para o título conquistado ainda em fevereiro no saibro de Punta del Este.

Monteiro protagonizou a final de challenger mais longa da temporada. Foram 2h51 de disputa contra o italiano Marco Cecchinato. A partida teve 38 games e terminou com vitória brasileira e parciais de 7/6 (7-3), 6/7 (6-8) e 7/5.

Houve ainda uma outra final de challenger com 38 games, quando o suíço Marc-Andrea Huesler venceu o alemão Botic Van de Zandschulp por 6/7 (3-7), 7/6 (7-2) e 7/5 na decisão em Ismaning, na Alemanha. Mas esse jogo, disputado em quadra de carpete, durou apenas 2h17.

O cearense de 26 anos também foi o único campeão challenger em 2020 depois salvar match points na final. Foram três no duelo contra Cecchinato no saibro uruguaio. Este foi o maior número de match points salvos em uma final de challenger desde 2016.

A decisão em Punta del Este foi uma das três com dois tenistas do top 100 e a segunda com melhor ranking somado. Naquela semana, Monteiro era o 86º do ranking e Cecchinato o 77º. Fica atrás apenas da final entre Steve Johnson (81º) e Stefano Travaglia (75º) em Bendigo.

Além disso, Monteiro conseguiu uma rara defesa de título na temporada. Somente ele e o norte-americano J.J. Wolf, em Columbus, repetiram em 2020 uma conquista do ano anterior.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva