Notícias | Dia a dia
Sofia Kenin é escolhida a Jogadora do Ano na WTA
08/12/2020 às 14h06

Kenin foi campeã do Australian Open e também foi vice em Roland Garros

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - A norte-americana Sofia Kenin ganhou o prêmio de Jogadora do Ano da WTA. A votação foi feita por profissionais de imprensa e os resultados foram divulgados nesta terça-feira. Kenin concorria com outros cinco nomes: Simona Halep, Naomi Osaka, Iga Swiatek, Victoria Azarenka e Aryna Sabalenka.

Em 2020, Kenin conquistou seu primeiro título de Grand Slam no Australian Open. Ela superou a número 1 do mundo Ashleigh Barty na semi e a ex-líder do ranking Garbiñe Muguruza na final. A norte-americana de 22 anos também foi finalista de Roland Garros e chegou às oitavas do US Open. Ela conseguiu 24 vitórias e 9 derrotas na temporada.

No início da temporada, Kenin ocupava apenas o 14º lugar do ranking da WTA. Ela entrou no top 10 depois de conquistar o Grand Slam australiano e assumiu a sétima posição. Já em março, quando venceu um torneio nas quadras duras e cobertas de Lyon, chegou ao quarto lugar. Ela chegou a perder duas posições no retorno do circuito, mas recuperou terreno com a grande campanha no saibro de Paris.

Líder do ranking mundial, Ashleigh Barty não foi indicada ao prêmio, mas sua ausência é justificada, já que a australiana está sem atuar pelo circuito desde fevereiro. Com as rígidas restrições a deslocamentos em seu país, Barty não jogou dois Grand Slam este ano. E como a WTA está considerando os resultados conquistados entre março de 2019 e dezembro de 2020, ela não perdeu pontos e conseguiu sustentar sua liderança, contando principalmente com ótimos resultados do ano passado, em que venceu Roland Garros e o WTA Finals.

Babos e Mladenovic são a melhor dupla


A WTA também concedeu o prêmio de dupla do ano para a francesa Kristina Mladenovic e para a húngara Timea Babos. Juntas, elas conquistaram dois Grand Slam em 2020, o Australian Open e Roland Garros. Elas terminaram a temporada na terceira e na quarta posição do ranking. Mladenovic chegou a liderar o ranking por uma semana, com Babos na segunda posição em fevereiro.

Concorriam com elas a taiwanesa Su-Wei Hsieh e a tcheca Barbora Strycova, que venceram quatro títulos na temporada, em Brisbane, Dubai, Doha e Roma. Hsieh terminou a temporada como número 1 do mundo, com Strycova na segunda posição.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva