Notícias | Dia a dia
Campeões na dupla, franceses destacam sorte na estreia
06/12/2020 às 08h55

De virada, Doumbia e Reboul levantam no challenger de Campinas o terceiro troféu juntos

Foto: João Pires/Fotojump

Campinas (SP) - Os franceses Sadio Doumbia e Fabien Reboul frustraram a torcida no challenger de Campinas e conquistaram o título de duplas da 10ª edição do torneio no domingo. O campineiro Felipe Meligeni e o venezuelano Luis David Martinez vinham de 10 vitórias seguidas no circuito, mas acabaram superados de virada, com parciais de 6/7 (7-9), 7/5 e 10-7.

A semana dos franceses poderia ter sido bem diferente. Logo na primeira rodada, a parceria cabeça de chave 2 salvou três match points contra os brasileiros Fernando Romboli e Rogério Dutra Silva e depois embalou em Campinas.

“Nós tivemos muita sorte por ganhar o jogo na primeira rodada contra dois bons jogadores brasileiros, poderia ter ido para qualquer lado e nós iríamos para casa. Depois crescemos nas rodadas seguintes e hoje também foi muito apertado. É ótimo terminar com um título”, comemorou Doumbia.

Os franceses jogam juntos com frequência no circuito há dois anos e chegam ao terceiro título de Challenger em seis finais. Esta foi a primeira vez que jogaram na Sociedade Hípica de Campinas. “É um torneio incrível. Conheci muitas pessoas legais aqui, a organização foi incrível e tivemos ótimas quadras de saibro durante toda a semana”, avaliou Reboul.

Com o título, a parceria recebe US$ 3.100 de premiação e soma 80 pontos no ranking mundial. Tanto Doumbia (163º no ranking de duplas) quanto Reboul (159º) devem atingir seus melhores rankings na próxima lista da ATP, subindo nove e oito posições, respectivamente. Meligeni e Martinez também fecham o ano em alta, chegando a 120º e 119º entre os duplistas, as melhores marcas pessoais.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva