Notícias | Dia a dia
Australian Open estuda realizar o quali fora do país
30/11/2020 às 08h33

Melbourne (Austrália) - As dúvidas envolvendo a disputa do Australian Open de 2021 não se limitam apenas ao torneio em si, mas também às competições que acontecem na Austrália e servem de aquecimento para o primeiro Grand Slam da temporada.

Um dos grandes entraves nas discussões, a quarentena de 14 dias imposta aos quem virão de fora, fará com que provavelmente o Australian Open comece só em 1º de fevereiro, duas semanas depois do que normalmente acontece.

Por causa disso, um dos eventos que corre risco é o qualificatório, que pode não ser disputado em 2021 como aconteceu no US Open de 2020. Contudo, de acordo com o Marca, uma das possibilidades é realizar este evento fora da Austrália.

+ ATP Cup será cancelada, afirma diário australiano
+ ATP diz a tenistas que poderão treinar antes do AO

A organização quer salvá-la, embora saiba que as autoridades locais não querem uma aglomeração de tenistas no estado de Vitória. Por isso estudam a opção de realizar a fase classificatória fora do país na primeira semana de janeiro.

A organização deve escolher pontos estratégicos no mapa como Cingapura, Dubai ou Doha. Somente os jogadores que passarem pelo quali poderiam pegar um voo direto para Melbourne para realizar a quarentena correspondente e disputar a chave principal do torneio.

Comentários
Loja - camisetas
Tennis Camp